Fórum de Anjos e Demônios com participações de outras raças, como Vampiros e Lobisomens.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Parceiros
Top dos mais postadores
Kraig
 
Giordana Cesaronni
 
Lilah
 
Chrys
 
Nayara
 
Admin
 
Valerie
 
Cynthia Stryder
 
Igor Volkova
 
Khrous
 
Dia 03/02/2009
Clima: Frio, ventos fortes.
Temperatura: 3 ºC
Horário: 02h00 AM
Céu: Limpo e estrelado.
Lua: Crescente
Quer ser Parceiro?
Quer ser Parceiro? Adicione nosso button e envie um email para luciano_angel@hotmail.com


Últimos assuntos
» online blackjack casino
Qua Ago 03, 2011 5:58 pm por Convidado

» A useful guide
Qua Ago 03, 2011 5:33 am por Convidado

» fish liver oil benefits
Qua Ago 03, 2011 3:42 am por Convidado

» кабинет гинеколога
Seg Ago 01, 2011 5:10 pm por Convidado

» facebook fan page fans xd
Dom Jul 31, 2011 4:15 am por Convidado

» buy facebook fans and likes f9
Sab Jul 30, 2011 8:44 pm por Convidado

» Продвижение неизбежно
Sab Jul 30, 2011 12:53 pm por Convidado

» generic cialis
Sex Jul 29, 2011 3:03 pm por Convidado

» Hospital Geral
Ter Nov 10, 2009 9:12 pm por Rafael

Layout by

Compartilhe | 
 

 Tumba da Guerra

Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 134
Data de inscrição : 20/01/2009
Idade : 41

MensagemAssunto: Tumba da Guerra   Qui Jul 02, 2009 6:35 pm


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://angelsanddemons.forumeiros.com
Giordana Cesaronni
Demons
Demons
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 21/01/2009
Player * : Lena - Leninha - Lenoca

MensagemAssunto: Re: Tumba da Guerra   Seg Jul 20, 2009 9:00 pm

Ela ficou alguns minutos olhando para a estrada, como se devesse continuar, e, simplesmente deixar tudo isso para trás. Respirou fundo, pegou sua bolsa, e saiu do carro.

O vento frio tocava seu rosto como se fosse cortá-lo. Uma grande lua cheia emprestava sua luminosidade. Seus olhos frios miravam o mar. Deixou o casaco e as botas no carro. Caminhou descalça pela calçada, ate chegar a areia. A bolsa atravessada continha tudo o que precisava.

Abriu a cigarrilha, sem tirar os olhos do mar revolto. Acendeu o cigarro calmamente.

Tirou a bolsa, deixando-a na areia. Após mais alguns passos, a água gelada, molhava seus pés. Tragava o cigarro com gosto, deliciando cada segundo, como se fosse o ultimo. Ao terminar, jogou o resto na água. Abaixou-se, molhou o rosto, a nuca e lavou as mãos. Quando se ergueu novamente, já não estava reticente. Caminhou diretamente ate a bolsa, e pegou um pequeno vidro, e uma adaga.

Começou a proferir palavras em aramaico. Abriu o delicado frasco, e depositou seu conteúdo na palma da mão. Esfregou-as ate que ficassem quentes. Pegou a adaga, e passou a mão pela lamina, espalhando o tal óleo sobre a mesma.

Qualquer criatura um pouco mais espiritualizada poderia sentir que a energia do local havia se modificado. Uma grande concentração da mesma estava em Giordana. O mar parecia clamar para que ela não fizesse isso. As ondas pareciam tentar alcançá-la.
Tocou o pulso direito com a ponta da lamina.

- Lucifer, anjo de luz decaído, mostre-me a passagem em que se encontra a tumba da guerra. – e cortou o mesmo.

. A perspicácia, a esperteza, pureza quase deturpada, o poder. Giordana se transporta e quando abre os olhos , estava em um local escuro e ermo entra em um caminho era um grande porão de pedras negras e frias Logo ao avista-lo, o unico cheiro presente era do seu perfume que se misturava ao purido do local .Um local silencioso... e um grande e estreito corredor como um tubo ..e o destino final de um dos cavaleiros .

Fechou os olhos. E segurou a chave . Depois colocou-a guardando em um local bem privado de seu corpo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miguel
Arcangels
Arcangels
avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 14/06/2009
Player * : Lipe (Nathan)

MensagemAssunto: Re: Tumba da Guerra   Qui Jul 23, 2009 8:51 pm

Estava mais preocupado em impedir que Giordana libertase a Guerra, iria fazer o que fose necessário para conseguir. Usando o seu bater de asas, surgiu exatamente no lugar em que estava a tumba, assim que ele surgiu lá, viu que Giordana estava destraída guardando alguma coisa, suspeitou ser a chave da porta que estava atrás dele agora.

-Não imaginava que vocês estivessem com tanta pressa... - Dizia olhando para ela com um olhar sério, destinado a destruir qualquer pessoa, aquilo era um assunto sério.

Cruzava os braços então, uma briga com certeza aconteceria, mas com certeza iriam começar um bate-boca ali.

-Desista desta ideia, Giordana. E volte para aquele repugnante imediatamente! - O repugnante a que Miguel se referia era Lúcifer, que queria começar a coisa de louco na Terra. - Ou então eu vou destrui-la aqui mesmo e eternamente! - Estava começando a sentir o sentimento humano de ódio, estava ficando surpreso até consigo mesmo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giordana Cesaronni
Demons
Demons
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 21/01/2009
Player * : Lena - Leninha - Lenoca

MensagemAssunto: Re: Tumba da Guerra   Qui Jul 23, 2009 10:45 pm

Citação :
-Não imaginava que vocês estivessem com tanta pressa.

Giordana dá uma leve risada, como que debochando das palavras de Miguell.
Nao assustou-se com o bater de asas dele .


Mas, na verdade, não era isso: ela realmente achava divertida a situação e adorava a certa inocência que seu querido anjol linnda conservava. Sim...dificilmente ele deixará de lado a forma pura e angelical dele. Seu andar ainda mentem-se suave, mesmo com o recuo delepelo simples toque dela. Ah, se ele soubesse realmente do que se tratava...ficaria mais insano do que já é. Mesmo com o olhar frio dele, ela sequer abala-se.

Chega-se mais perto, seu corpo maravilhosamente esculpido pelo fato de ser uma deidade aproximando-se dele. Senta-se ao lado da bela e alada criatura, passando os dedos de onhas vermelhas e perfeitas nos cabelos sedosos de Miguel, segredando em seu ouvido:
Citação :
-Desista desta ideia, Giordana. E volte para aquele repugnante imediatamente! - O repugnante a que Miguel se referia era Lúcifer, que queria começar a coisa de louco na Terra. - Ou então eu vou destrui-la aqui mesmo e eternamente!


- Ora, vamos...se fizer um pequenino esforço, sabe que quero algo bem mais fácil que suas mãos sujas por me destruir . Afinal , nem o altissimo me destruiu , por que deverias ? - ela ja sentia o ódio dele....


Ela estava com o corpo levemente debruçado no de Miguell, e ele próprio pode ver o suave vale entre os seios dela carne branca, aveludada e tenra estava coberta somente por aquele vestido floral e curto, de seda esvoaçante, que q deixava como uma frágil menina, cheia dos mais libidinosos pensamentos.


Última edição por Giordana Cesaronni em Dom Jul 26, 2009 12:53 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miguel
Arcangels
Arcangels
avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 14/06/2009
Player * : Lipe (Nathan)

MensagemAssunto: Re: Tumba da Guerra   Sex Jul 24, 2009 2:34 pm

A respiração do arcanjo estava tensa, curta, rápida. Poderia se dizer que os batimentos cardíacos dele estavam acelerados. Ela parecia se demonstrar um pouco inexperiente, parecia que ela não sabia que ele tinha mais relações com aquilo tudo ali do que ela poderia imaginar. Ela passou os dedos em seus cabelos loiros, e ele deu um passo para trás.

Giordana escreveu:
- Ora, vamos...se fizer um pequenino esforço, sabe que quero algo bem mais fácil que suas mãos sujas por me destruir . Afinal , nem o altissimo me destruiu , por que deverias ? - ela ja sentia o ódio dele....

Ela tinha noção com quem está falando? Miguel agora estava disposto a proteger aquele portão e iria fazer tudo que conseguisse para impedir que ele fosse aberto. Mas achou melhor fingir que estava caindo no jogo de Giordana, pelo menos por um instante.

-Quer algo bem mais fácil? Abrir este portão, por exemplo? Diga-me... – Então começou a andar, ainda ficando entre a demônio e o portão. – Tente me convencer do porquê eu deveria deixá-la abrir este portão...

Ela depois falou que nem mesmo o Pai de Miguel conseguira destrui-la, por que ele deveria, ele abriu um sorriso no rosto.

-Meu Pai pode não tê-la destruído, mas nós tivemos muita dificuldade para prender os quatro, e você não vai chegar agora e começar a libertar a todos eles! Eu farei o que estiver em meu alcance para impedi-la!

Mesmo que tivesse que lutar, ele o faria, sabia de truques que destruiria os demônios mais fracos, mas o que poderia acontecer com alguém tão forte como Giordana? Teria que testar com o passar daquela conversa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giordana Cesaronni
Demons
Demons
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 21/01/2009
Player * : Lena - Leninha - Lenoca

MensagemAssunto: Re: Tumba da Guerra   Ter Jul 28, 2009 11:04 am

Os olhos estreitam suavemente, revelando um brilho tentador e obscuro.

“Os homens sim, estes aceitaram de bom grado a fruta proibida que lhes ofertei, e estes viram o que vocês recusam a ver. Eu dei aos homens a sabedoria, o livre-arbítrio para escolherem o caminho que desejarem, o conhecimento do bem e o mal. Vocês abdicaram o que eu dei para Eva e suas gerações.”

Os olhos da serpente brilham em uma macabra delicia, observando a ponta da lâmina voltada para ele. Ela emite um macio ronronar.

És um tolo ou um valente, Arcanjo.”


Ela dá as costas como se fosse partir, mas em milésimos de segundos ela gira o corpo com a espada em punho, a lâmina batendo com força contra a lâmina de Miguell e o arcanjo conhece toda a força e selvageria da Deusa profana que tinha tantos seculos como ele ,que a Miguel fez decair.

" Seria facil te convencer??"
falou levemente com a ponta da espada na garganta do arcanjo

Embora o corpo de Giordana seja magro, a força que ela empunha em cada golpe de espada mostrava um poder capaz de fazer a lâmina do celestial estremecer. Não era à toa os relatos de crueldade que ela praticava contra suas vitimas, muitas delas anjos durante a santa guerra, Giordana não somente manipulou mentes humanas e destruiu muitos de seus irmãos, mas destruiu-os de forma cruel, estraçalhando seus corpos e pendurando suas espinhas dorsais, asas e órgãos vitais pelos reinos que invadia com seus anjos rebeldes. Tais atrocidades o valeram o titulo que ainda ostenta, o Anjo da Morte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Tumba da Guerra   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tumba da Guerra
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [MMORPG] Guerra Imperial
» A Guerra dos Anjos - A Destruição (Nome pode ser mudado, de idéias para nome)
» [SyFy] A Guerra dos Tronos - 1ª Temporada
» A Tumba do Cavaleiro Negro
» Percy Jackson e os Olimpianos - A Guerra de Ares

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Angels and Demons :: Outros Lugares :: Itália-
Ir para: